terça-feira, 7 de outubro de 2014

Então...

Eita que adio uma passada por aqui hein?
Entre essas e outras estou aqui novamente :).

Minha vida sempre foi pautada por decisões, pois tive liberdade pra isso.
Fui ensinada a escolher um rumo e enfrentar tudo que nele vier mas,
Em conjugado, sempre veio minha paz de espírito, e essa paz é que me fez sempre arcar com as consequências das minhas decisões.
Não existe nada do que eu tenha feito, que não me traga um sorrisinho no canto da boca ao lembrar.
Sempre fiz tudo que estava ao meu alcance, e mais uma vez vou fechar um ciclo.

Nos últimos dias tenho me sentido PERTURBADA, sim, e muito.
O prazer das ações foram esvaindo-se ao longo dos meus dias, meus propósitos foram se perdendo numa fadigante corrida que não está me levando a lugar nenhum.
Já tive sintomas físicos, agora psicológicos e sabe-se lá o que viria depois.
Sou apaixonada por detalhes, pequenas coisas me fazem ganhar o dia, e todo colorido da simplicidade da minha corriqueira vidinha estava sendo tomado por uma nuvem cinza e deprimente.

Sempre brinco que sou uma sobrevivente, que vim ao mundo pra isso, e de fato sou.
Quando vejo que tem algo errado, consigo colocar o cabeça pra fora do furacão e repensar meus dias.
Sou barulhenta, barraqueira, questionadora e tirada a justiceira. Com isso, levo uma vida cheia de obstáculos que surgem por ter feito mais essa opção.

E hoje, ao colocar minhas ideias em ordem, resolvi optar mais uma vez por minha paz de espírito, pelo meu equilíbrio, pela sensatez ao meu ver.
Estou deixando de molho um adendo dos meus dias para cuidar de outros, porque tudo ao mesmo tempo não está dando, e só de estar aqui escrevendo já me sinto bem melhor.

Quero voltar a sentir o prazer de cozinhar, de me exercitar, de arrancar sorrisos com minha arte, de confraternizar com os amigos, de ajudar pessoas e o mais importante, estar ao lado do meu bem mais precioso, minha filha.

A opinião alheia?
Não importa.
Eu nasci pra ser feliz!!!

#prioridades


Naiala Ferreira